Arquitetura na Periferia

O Projeto

Somos um projeto que visa a melhoria da moradia para mulheres da periferia, por meio de um processo onde elas são apresentadas às práticas e técnicas de projeto e planejamento de obras e recebem um microfinanciamento para que conduzam com autonomia e sem desperdícios as reformas de suas casas. Ao invés de oferecer um produto, buscamos favorecer a autonomia das participantes, ampliando sua capacidade de análise, discussão, prospecção, planejamento e cooperação, o que por fim leva a um aumento de sua autoestima e confiança.

NOSSA MISSÃO: Produzir e coletivizar informação e conhecimento fortalecendo vínculos comunitários por meio do protagonismo da mulher em toda a sua diversidade.

Cooperação

Todas as nossas atividades são feitas em grupo, onde é possível que as participantes se ajudem, se incentivem e criem os laços de relacionamento.

Autogestão

As mulheres atendidas participam de todas as decisões. Desta forma elas se tornam para além de beneficiárias, protagonistas do processo.

Microfinanciamento

As participantes recebem um empréstimo para a compra de materiais de construção ou contratação de serviços para a realização das obras.

Sobre a Arquitetura na Periferia

Quem Somos

Somos antes de tudo pessoas que acreditam no poder transformador do trabalho em prol de um mundo mais justo. Atuamos de forma independente desde 2014, a partir da captação de recursos e consolidação de parcerias que nos possibilitam evoluir cada vez mais expandindo a nossa atuação.

Desde 2015 o projeto tem sido executado por meio da Associação Arquitetas Sem Fronteiras – ASF Brasil entidade que desenvolve diversas ações e projetos relacionados à produção do espaço urbano e rural junto à comunidades e movimentos sociais. No ano de 2018, com o crescimento do projeto, o Arquitetura na Periferia se institucionalizou através da criação do Instituto de Assessoria à Mulheres e Inovação, o IAMÍ, que pretende abrigar novos projetos que visem a equidade de gênero e o combate às desigualdades sociais.

Instituto

IAMÍ – Instituto de Assessoria à Mulheres e Inovação

VISÃO: Unir e impulsionar mulheres multiplicadoras da equidade social e de gênero.

O IAMÍ foi criado pelas mulheres que executam o projeto Arquitetura na Periferia em outubro de 2018 com o propósito de abrigar além do AnP e seu crescimento, novos projetos que estão sendo articulados para os próximos anos.

O IAMÍ tem objetivos voltados à promoção da dignidade humana com atividades e finalidades de relevância pública, social, ambiental e cultural. Ele atua por meio de ações que priorizam o fortalecimento do protagonismo da mulher nos trabalhos desenvolvidos, incentivando iniciativas autogestionárias e autônomas como estratégias de consolidação da cidadania e da promoção do desenvolvimento econômico, social e o combate à pobreza, dentre outros.

Conquistas

Reconhecimentos e Prêmios

Conheça Nossos Números

"Se eu mudo o espaço em que estou, eu também mudo. Fiz algumas pequenas reformas em mim."
Luciana, participante do projeto

Doe Agora
+ 00

Oficinas

+ 00

Capacitações

+ 00

Reformas

00

Localidades

Desigualdade Social

O Problema

O Problema

O Brasil é um dos países do mundo com maior desigualdade social, reproduzida diariamente a partir de mecanismos de exclusão que resultam na escassez de acesso a todo tipo de serviços por grande parte da população. Nesse cenário, muitas pessoas constroem sua moradia sem acesso a assessoria ou formação técnica, resultando em lares com recursos já escassos, desperdiçados. Além disso, problemas estruturais nas casas, umidade excessiva, falta de iluminação e ventilação ou mesmo ausência de banheiro são recorrentes. A mulher que vive nesse contexto é ainda mais prejudicada, pois, é ela quem ainda passa mais tempo dentro da casa fazendo sua manutenção ou cuidando da família, mas, na hora de decidir como a casa será construída, ela não participa. Tal fato tem um enorme impacto na vida dessas mulheres pois as afeta diariamente – desde uma cozinha sem ventilação suficiente para quem passa muito tempo lá dentro ou um quarto com umidade que adoece os filhos, até detalhes construtivos como uma escada muito estreita para a passagem carregando uma trouxa de roupas.

Déficit Habitacional de 6,3 milhões de moradias. Inadequação de domicílios urbanos: 1,8 milhões (inadequação fundiária), 191 mil (sem banheiro), 9,6 milhões (carência de infraestrutura), 1 milhão adensamento excessivo, 830 mil (cobertura inadequada).

Reformando casas e transformando vidas!

Impacto

Trabalhamos dentro dos seguintes Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis da ONU

Event

Erradicar a Pobreza

oferecemos capacitação em assistência técnica para mulheres em territórios com déficit de habitação e infraestrutura, como comunidades periféricas e ocupações.

Event

Igualdade de Gênero

Trabalhamos para que as mulheres tenham o máximo de autonomia no processo de tomada de decisões envolvendo a melhoria de suas casas, sem nenhuma dependência.

Event

Reduzir as Desigualdades

Fazemos com que a arquitetura, profissão tradicionalmente destinada à construção e melhoria de áreas privilegiadas, reconheça e reaja às desigualdades sociais.

Event

Cidade e Comunidades Sustentáveis

Formamos profissionais críticos e éticos, comprometidos com intervenções transformadoras na sociedade e com o desenvolvimento sustentável.

Reformando casas e transformando vidas!

Histórias de Transformação

  • Todas
  • Cely
  • Simone
  • Dalila

Transparência

Confira aqui as nossas Prestações de Contas: 2017 - 2018 - 2019

Acompanhe na Mídia

Notícias

Acompanhe as últimas e principais notícias sobre a Arquitetura na Periferia.

Shape
Pessoas envolvidas

Nosso Time

Possuímos um time multidisciplinar que ama o que faz e busca fazer a diferença no mundo.

Tem muita gente que também colabora com o projeto: Aline Costa (estudante de arquitetura) - 2019 | Angelina Melo (assistente social) - 2019 | Camila Bittencourt (estudante de arquitetura) - 2019 | Eloiza Leal (comunicação) - 2019 | Luara Diniz (estudante de arquitetura) - 2019 | Luciana Castro (psicóloga) - 2019 | Maryana Jácome (psicóloga) - 2019 | Milena Pedrosa (relações públicas) - 2018 | Tereza Barros (estudante de engenharia civil) - 2017-2018

Quem acredita na gente

Parceiros

Organizações que acreditam e apoiam a Arquitetura na Periferia


Contato

Fale conosco

Quer ser um apoiador ou patrocinador do projeto?
Pintou alguma dúvida ou quer dar uma sugestão? Fale com a gente.